Aviação dos Estados Unidos x aviação da União Soviética

Hoje faremos uma comparação entre a aviação militar norte americana e a aviação militar da ex União Soviética, desde a Segunda Guerra Mundial até hoje.

Abaixo vemos o reencontro de dois rivais: F 86 Sabre e Mig 15

Segunda Guerra Mundial

Na Segunda Guerra Mundial os Estados Unidos e a União Soviética eram aliados, e nessa época ocorreu um grande salto na aviação, como se pode ver nos aviões abaixo:

      União Soviética

Nesse período ela investiu muito na aviação militar com grandes empresas como a Ilyushin, Mikoyan e a Yakolev.

O Mig 9 começou a voar em 1946 (um ano após o término da guerra), e por isso não ajudou muito os Soviéticos.

IL2: Criado pela Ilyushin, Foi o avião militar mais vendido da história, sendo o melhor avião de ataque a solo da Segunda Guerra Mundial.

A fama foi tanta que criaram um simulador de voo chamado “IL 2 Sturmovik” em homenagem  a essa aeronave blindada de ataque a solo.

Além disso para Stálin o IL 2 é como se fosse pão e água para o exercito soviético.

Yak 3: O Yak 3 foi um avião projetado em uma parceria entre as melhores fabricantes de aeronaves soviéticas que eram a Mikoyan, Yakolev e a Ilyushin (mesmo o nome sendo um prefixo da Yakolev, todas elas participaram do processo de fabricação)

Ele era muito apreciado pelos pilotos e mecânicos, pois ele era leve, rápido e de fácil manutenção. Foi considerado por Marcel Albert, que foi um oficial Francês, que o Yak 3 é melhor que o Spitfire e o P 51.

Estados Unidos

Aqui temos uma imagem do B 17, que foi um dos bombardeiros mais famosos dos Aliados:

P 51:

Foi o caça mais famoso norte americano sendo bastante utilizado na Batalha do Pacífico e na Europa

Na Europa ele foi um caça inovador, pois conseguia escoltar os bombardeiros em todo caminho, diferente  do P 47 Thunderbolt que não tinha autonomia suficiente.

E na Ásia o P 51 foi o primeiro avião a competir equilibradamente com o A6M Zero, que era um avião temido pelos Aliados principalmente pela sua manobrabilidade e capacidade de subida.

O P 51 fez tanto sucesso que foi usado inclusive na Guerra das Coreias e permaneceu em serviço em algumas Forças Aéreas até 1980.

B 25: O B 25 produzido pela Mitchell foi um bombardeiro médio utilizado pela USAF e pelas diversas Forças Aéreas dos Aliados, inclusive depois da guerra.

Ele tinha grande capacidade de armazenar bombas e era bem protegido por metralhadoras no fundo, na frente e em cima dele.

Podemos concluir que os Estados Unidos tinham grandes fabricantes na Segunda Guerra Mundial como a North American, Boeing, Mitchell, Republic Aviation e outras.

Guerra Fria

A Guerra fria foi uma série de conflitos indiretos entre Estados Unidos e União Soviética, essa guerra foi marcada pela presença de caças a jato.

Abaixo temos a imagem de um F 84 Thunderjet (produzido pela mesma fabricante do P 47):

União Soviética

Mig 15Primeiro caça a jato de asas enflechadas que tenha sido usado na Guerra Fria, ganhando assim mais velocidade e vantagem contra os caças norte americanos.

Esse caça estava ganhando facilmente dos ultrapassados F 84 e por isso os Estados Unidos inventaram o F 86 Sabre que também tinha asas enflechadas, equilibrando o combate aéreo na Guerra das Coreias.

Tupolev Tu 95: É um bombardeiro estratégico usado na Guerra Fria e utilizado até hoje em várias Forças Aéreas como a Russa.

Ele é o avião mais rápido movido a hélice e um dos bombardeiros mais sucedidos fabricado pela União Soviética.

Mig 21: Foi um avião supersônico produzido pela Miyokan de 1959 até 1985, foram produzidos 10.000 Mig 21 sendo que ele é o segundo avião mais vendido depois da Segunda Guerra Mundial atrás do C 130 Hércules.

Estados Unidos

F 86 Sabre: Foi um caça de combate diurno, produzido pela North American (mesma fabricante do P 51). O diferencial do F 86 Sabre são as asas enflechadas, criadas pelos alemães quando eles desenvolveram o Me 262.

Esse caça foi muito importante para os Estados Unidos, pois ele devolveu a supremacia aérea aos Estados Unidos, pois ele competia equilibradamente com o Mig 15.

F4 Phanton: Foi um caça bombardeiro norte americano com capacidade para operar em todas as condições meteorológicas e de luminosidade sendo apelidado de “burro de carga” por seus pilotos, pois nesse avião você podia confiar, ele sempre cumpria sua missão e levava seu piloto de volta para a casa.

B 52 Stratofortress: É um bombardeiro estratégico de oito turbinas criado pela Boeing para bombardeios nucleares na Guerra Fria, sendo usado durante todo o conflito pelos Estadunidenses e é usado até hoje em vários países, sem previsão para ser aposentado.

Esse período citado foi muito importante para a aviação resultando em aviões como esses:

F 22 Raptor

Mig 35

Agradecemos a todos pelas 2.000 visualizações, ate a próxima!

About these ads
1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 215 outros seguidores